Home / Lava Jato / STF poderá enquadrar o procurador da Lava Jato por difamação e injúria
Nitronews

STF poderá enquadrar o procurador da Lava Jato por difamação e injúria

O STF (Supremo Tribunal Federal) pode abrir, de ofício, uma investigação contra o procurador Carlos Fernando dos Santos Lima, uma das estrelas da Lava Jato em Curitiba, segundo revela a colunista da Folha de S. Paulo Mônica Bergamo.

Ministros da corte acreditam que ele passou dos limites com as reiteradas críticas que faz ao tribunal – elas se enquadrariam nos crimes de injúria e difamação, punidos com detenção e multa.

Os magistrados esperam que providências sejam tomadas pela própria PGR (Procuradoria-Geral da República) ou pelo CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público). Caso isso não ocorra, a corte abriria inquérito. Procurado, Santos Lima não se manifestou.

A última crítica foi feita depois que o STF retirou trechos da delação daOdebrecht sobre Lula das mãos do juiz Sergio Moro. “O que acontece hoje é o esperneio da velha ordem. A pergunta que devemos fazer é qual o motivo pelo qual precisam sacrificar o bom nome do tribunal”, disse o procurador.

Ele também postou: “Fica claro que há um conflito entre uma nova Justiça e o velho sistema de impunidade dos poderosos”. Para um magistrado, ele está acusando ministros de prevaricação.

Fote: Contraponto

Você pode apoiar e incentivar a RedeBrasil.NET para que este trabalho continue repercutindo nas redes sociais através de um ATIVISMO INDEPENDENTE. Compartilhe nossos posts em seus grupos e contribua mensalmente conosco.

Apoie-nos com qualquer valor através do PAYPAL clicando no botão abaixo, ou:

 


Deposite diretamente em nossa conta:

Caixa Econômica Agência: 3492  -  OP 013

Conta POUPANÇA : 000.61359-9

Udson Cordeiro Coelho CPF: 702.083-289-04



Um commentário

  1. JOÃO CARLOS JANUÁRIO

    Enquadrar o procurador e ou puni-lo por que?! Somente falou a VERDADE! Quem fala a VERDADE, não merece castigo, já diz o ditado!

Comente esta notícia

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*