Home / Enio Fontenelle / O terrorismo | Por Ênio Fontenelle
Nitronews
enio fontenelle

O terrorismo | Por Ênio Fontenelle

Bolsonaro tem razão: o que está acontecendo no Ceará é, sim, terrorismo, e como tal deve ser tratado.
Até onde eu sei, a Lei de Segurança Nacional, embora engavetada pela Esquerda durante os últimos trinta anos, ainda está em vigor, o que permite o seu uso. Há o problema do enquadramento dos atos de violência hoje praticados na categoria de terrorismo. Mas, convenhamos, qualquer pessoa com meio neurônio consegue ver que incendiar ônibus, explodir pilares de pontes, ou derrubar torres de transmissão de energia elétrica vai muito além de crime comum.


Com – dizem – 40% do efetivo da Polícia Militar em férias, em um Estado governado pelo PT, a culpa pelo que está acontecendo é, sem dúvida, do Governador, mas este, mais que depressa, pediu ajuda da Guarda Nacional para resolver o problema.


O que virá em seguida?
A violência – terrorismo – vai prosseguir, porque a sua logística é barata e os agentes podem ser muito poucos para cumprir as ações, sempre escolhidas em locais onde a Polícia não estará. Quando isso se alastrar, e a população cearense estiver tão apavorada que não mais conseguirá sair de casa em paz, “eles” vão dizer que o Governo Federal (Bolsonaro) não conseguiu resolver o problema, e todas as línguas treinadas e afiadas cuidarão de apontar o dedo acusador para ele, reverberando ainda no exterior o “estado de exceção” em que o Brasil vive, com Polícia nas ruas reprimindo a população de bem.


Bolsonaro, mande retirar imediatamente a Guarda Nacional do Ceará, e entregue o problema ao Governo do Estado, mesmo que se lhe dê recursos federais para fazê-lo. Paralelamente, coloque a Inteligência do Governo lá, para descobrir a fonte primária da bagunça. 


As surpresas serão muitas…

 


Entender de Geopolítica é como jogar xadrez com a expertise de quem consegue prever cinco jogadas à frente. Isso que a gente entende como Política é a apresentação e análise dos fatos sociais e econômicos que nos envolvem em nosso tempo. Passar da Política para a Geopolítica é poder observar os fatos de cima da ponte, onde é possível ver de onde vieram e – principalmente – para onde vão.

A Geopolítica é necessária exatamente por isso: ela lhe permite não apenas VER, mas ANTEVER

 

Você pode apoiar e incentivar a RedeBrasil.NET para que este trabalho continue repercutindo nas redes sociais através de um ATIVISMO INDEPENDENTE. Compartilhe nossos posts em seus grupos e contribua mensalmente conosco.

Apoie-nos com qualquer valor através do PAYPAL clicando no botão abaixo, ou:

 


Deposite diretamente em nossa conta:

Caixa Econômica Agência: 3492  -  OP 013

Conta POUPANÇA : 000.61359-9

Udson Cordeiro Coelho CPF: 702.083-289-04



Comente esta notícia

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*