Home / Notícias / O desespero da REDE com o desmonte da farsa das ONGS
Nitronews

O desespero da REDE com o desmonte da farsa das ONGS

A Rede, da Marina Silva, o braço “ongueiro das esquerdas”, entrou com uma ação direta de inconstitucionalidade (Adin) no STF questionando “a interferência governamental em atividades associativas”, conforme interpretação do partido, por meio da Medida Provisória 870.

Segundo a MP, a Secretaria de Governo da Presidência da República poderá “supervisionar, coordenar, monitorar e acompanhar as atividades e as ações dos organismos internacionais e das organizações não governamentais no território nacional”.

Na avaliação do partido, essa “interferência governamental” fere um dos pilares da democracia.

“O partido ressalta que não se busca, com a ação, a imunização das ONGs e dos Organismos Internacionais à fiscalização, pelo contrário. A petição sugere que os mecanismos de fiscalização existentes devem ser aprimorados, bem como deve ser intensificada a atuação dos Tribunais de Contas e do Ministério Público no combate às entidades inidôneas”, pondera a Rede.

 

Opinião: O medo deles com a medida provisória é de que os generais desnudem o negócio trilhonário que se tornou ter uma ONG no Brasil. Estima-se que só na Amazônia sejam mais de 80 mil atuando com financiamento internacional e também com dinheiro público. Tudo isso com o propósito de destruir a soberania nacional.

Você pode apoiar e incentivar a RedeBrasil.NET para que este trabalho continue repercutindo nas redes sociais através de um ATIVISMO INDEPENDENTE. Compartilhe nossos posts em seus grupos e contribua mensalmente conosco.

Apoie-nos com qualquer valor através do PAYPAL clicando no botão abaixo, ou:

 


Deposite diretamente em nossa conta:

Caixa Econômica Agência: 3492  -  OP 013

Conta POUPANÇA : 000.61359-9

Udson Cordeiro Coelho CPF: 702.083-289-04



Comente esta notícia

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*