Home / Notícias / Ministro do TSE dá seguimento a ação que pede Haddad inelegível
Nitronews

Ministro do TSE dá seguimento a ação que pede Haddad inelegível

Jorge Mussi, do TSE, deu prosseguimento a uma ação em que a coligação de Jair Bolsonaro  pediu que Fernando Haddad e sua vice, Manuela D’Ávila, sejam declarados inelegíveis, informa o G1.O PSL e seus aliados haviam pedido a investigação do suposto apoio irregular do governo da Paraíba ao candidato petista. Os advogados de Bolsonaro alegam que o governador Ricardo Coutinho, do PSB, teria dado apoio ao petista “com todo seu staff e toda a estrutura política e administrativa”.

Também acusam o reitor e o vice-reitor da UFPB de usar a estrutura da universidade para “fomentar” a candidatura de Haddad.

Você pode apoiar e incentivar a RedeBrasil.NET para que este trabalho continue repercutindo nas redes sociais através de um ATIVISMO INDEPENDENTE. Compartilhe nossos posts em seus grupos e contribua mensalmente conosco.

Apoie-nos com qualquer valor através do PAYPAL clicando no botão abaixo, ou:

 


Deposite diretamente em nossa conta:

Caixa Econômica Agência: 3492  -  OP 013

Conta POUPANÇA : 000.61359-9

Udson Cordeiro Coelho CPF: 702.083-289-04



Comente esta notícia

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*