Gleise alimenta sua esquizofrenia e mantém acessa a chama do esquerdismo radical

Gleise alimenta sua esquizofrenia e mantém acessa a chama do esquerdismo radical

Gleise alimenta sua esquizofrenia e mantém acessa a chama do esquerdismo radical

Ainda em sua entrevista Gleise, a amante segundo as planilhas da Oderbrecht, cumpre com seu papel na tentativa de manter acesa a chama da imunização congnitiva, onde a máxima é afundar com o navio até o fim.

Ela encarnou bem a missão suicida de ir até as últimas consequências para sustentar uma mentira ou fantasia. Na psicologia esse estado de consciência é chamado de esquizofrenia, onde a fantasia toma conta da realidade e o sentimento de abandono é substituído por um sentimento de missão de existência.

Na cabeça da amante,  Lula será candidato em 2022 e em breve voltará para casa. A figura paterna de Lula deve encontrar aconchego em suas lembranças mais antigas, afinal quem abandonaria um pai, rico, popular, cheio de grana e “achincalhado por todos”? Gleise entra na aspiral da destruição mental e desespero a faz passar vergonha nacional e tem até quem diga que ela enloquceu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com