Home / Notícias / Em breve pedágios mais caros pela não cobrança do eixo suspenso
Nitronews

Em breve pedágios mais caros pela não cobrança do eixo suspenso

A suspensão de cobrança de pedágio sobre os caminhões que passam pela praça com os eixos suspensos pode gerar um reajuste nas tarifas, segundo reportagem publicada pela Folha de São Paulo. Segundo as concessionárias de rodovias, esta medida ajudaria a compensar a queda na receita.

Há 50 dias as concessionárias não podem cobrar o pedágio do eixo suspenso, uma das reivindicações dos caminhoneiros na greve do fim de maio. A Associação Brasileira das Concessionárias de Rodovias (ABCR) afirma não haver um cálculo do rombo no balanço das rodovias, mas o governo de São Paulo estima prejuízo de R$ 600 milhões por ano apenas no estado.

A proximidade das eleições, entretanto, poderá atrasar a solução aguardada pelas concessionárias. Isso porque a medida é impopular e poderá prejudicar a campanha dos governadores que tentam reeleição.

Mas o governador paulista Márcio França já avisou que entrará na Justiça para pedir ressarcimento à União para compensar a suspensão da cobrança.

Fonte: Frota & Ci

Você pode apoiar e incentivar a RedeBrasil.NET para que este trabalho continue repercutindo nas redes sociais através de um ATIVISMO INDEPENDENTE. Compartilhe nossos posts em seus grupos e contribua mensalmente conosco.

Apoie-nos com qualquer valor através do PAYPAL clicando no botão abaixo, ou:

 


Deposite diretamente em nossa conta:

Caixa Econômica Agência: 3492  -  OP 013

Conta POUPANÇA : 000.61359-9

Udson Cordeiro Coelho CPF: 702.083-289-04



Comente esta notícia

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*