Home / Notícias / Após 23 anos Japão executa terrorista do gás sarin
Nitronews

Após 23 anos Japão executa terrorista do gás sarin

O Japão executou hoje por enforcamento Shoko Asahara, líder da seita responsável pelo ataque com gás sarin que deixou 13 mortos no metrô de Tóquio em 1995, informa a imprensa do país asiático.

O atentado, que também feriu milhares de pessoas, é considerado o pior da história do Japão. Outros integrantes da seita Aum Shinrikyo também serão executados pelo crime. A execução da pena de morte foi adiada até todos os recursos dos condenados se esgotarem, o que ocorreu em janeiro deste ano. Na hora do rush da manhã de 20 de março de 1995, cinco integrantes da seita abriram de maneira coordenada várias bolsas com gás sarin em diversos trens do metrô de Tóquio. O líquido, transparente e inodoro, alcançou quase num instante o estado gasoso e se propagou pelos vagões.

Ao todo, 13 pessoas morreram e mais de 6 mil pessoas ficaram feridas com o ataque. Dezenas, inclusive, ficaram em estado vegetativo após inalarem o gás sarin.

https://www.youtube.com/watch?v=WOs4nB95IG4

Você pode apoiar e incentivar a RedeBrasil.NET para que este trabalho continue repercutindo nas redes sociais através de um ATIVISMO INDEPENDENTE. Compartilhe nossos posts em seus grupos e contribua mensalmente conosco.

Apoie-nos com qualquer valor através do PAYPAL clicando no botão abaixo, ou:

 


Deposite diretamente em nossa conta:

Caixa Econômica Agência: 3492  -  OP 013

Conta POUPANÇA : 000.61359-9

Udson Cordeiro Coelho CPF: 702.083-289-04



Comente esta notícia

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*