A Posse II | Por Ênio Fontenelle

A Posse II | Por Ênio Fontenelle

A Posse II  | Por Ênio Fontenelle

Foi com uma pena de ouro que a Princesa Isabel assinou a Lei Áurea, abolindo a escravidão. O item, de propriedade dos descendentes da princesa, está avaliado em R$ 500 mil. Confeccionada especialmente para a assinatura da Lei Áurea, a pena é em ouro 18 quilates. Tem 27 diamantes e 28 pedras vermelhas, mede 22 centímetros e pesa 13 gramas.
Eu não consegui saber muito sobre as canetas usadas pelos nossos Presidentes nos respectivos atos de posse.
Do pouco que consegui descobrir, achei relevantes duas coisas:
Primeiro, que Juscelino Kubistchek assinou a posse com uma caneta de ouro maciço.
Depois, que Lula guardara para a posse uma caneta Mont Blanc, que só não usou porque a esqueceu no ato da posse.

São coisas de grande valor histórico, guardadas em acervos particulares ou públicos, expostos à visitação.

Agora, como classificar a formalização do ato de posse do Presidente e a nomeação de seus Ministros usando uma caneta BIC?

As canetas… Eu não sei.
Mas, uma coisa eu sei: aquela caneta BIC e o símbolo que ela representou entrarão para a História do Brasil, como a investidura da autoridade com a simplicidade das coisas simples.

Aplausos – mais uma vez – Bolsonaro!
Enio


Entender de Geopolítica é como jogar xadrez com a expertise de quem consegue prever cinco jogadas à frente. Isso que a gente entende como Política é a apresentação e análise dos fatos sociais e econômicos que nos envolvem em nosso tempo. Passar da Política para a Geopolítica é poder observar os fatos de cima da ponte, onde é possível ver de onde vieram e – principalmente – para onde vão.

A Geopolítica é necessária exatamente por isso: ela lhe permite não apenas VER, mas ANTEVER.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com