Home / Diret@mente do WHATS / 8 motivos pelos quais os pais são os culpados dos filhos virarem delinquentes
Nitronews
filhos delinquentes

8 motivos pelos quais os pais são os culpados dos filhos virarem delinquentes

A psicologia aponta os 8 motivos pelos quais os pais são os culpados dos filhos virarem delinquentes:

1- Pai que dá ao filho tudo que ele pede:
A criança crescerá pensando que tem direito a tudo que desejar.

2- Pai que ri quando o filho fala palavrões:
A criança crescerá pensando que o desrespeito é normal e engraçado.

3- Pai que não repreende por mal comportamento:
A criança crescerá pensando que não existem regras na sociedade.

4- Pai que limpa a bagunça do filho:
A criança crescerá pensando que os outros podem assumir suas responsabilidades.

5- Pais que deixam de assistir TV porque o filho grita quando tira do desenho:
Crescerá pensando que não há diferenças entre adulto e criança.

6- Pais que deixam que os filhos ouçam músicas que vulgarizam a mulher, estimulem sexo sem compromisso e a violência com o diferente:
precisa nem dizer o que vai resultar né?…

7- Pais que dão aos filhos dinheiro a hora que querem:
Crescerão pensando que dinheiro é fácil e não exitarão em pegar quando não conseguirem.

8- Pais que se colocam sempre a favor do filho, independente de estar certo ou errado:
Crescerá acreditando que os outros o perseguem quando for contrariado.

PORTANTO A BÍBLIA DIZ EM Provérbios 22, 6
Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.

Você pode apoiar e incentivar a RedeBrasil.NET para que este trabalho continue repercutindo nas redes sociais através de um ATIVISMO INDEPENDENTE. Compartilhe nossos posts em seus grupos e contribua mensalmente conosco.

Apoie-nos com qualquer valor através do PAYPAL clicando no botão abaixo, ou:

 


Deposite diretamente em nossa conta:

Caixa Econômica Agência: 3492  -  OP 013

Conta POUPANÇA : 000.61359-9

Udson Cordeiro Coelho CPF: 702.083-289-04



Comente esta notícia

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*