Home / Notícias / 1,7 BILHÕES foram apreendidos pela Lava Jato no Rio de Janeiro
Nitronews

1,7 BILHÕES foram apreendidos pela Lava Jato no Rio de Janeiro

Bens de luxo apreendidos pela Lava Jato vão a leilão e mostram prejuízo para os cofres públicos

 

Levantamento inédito mostra que operações no Rio apreenderam mais de R$ 1,7 bilhão, além de bens como embarcações, aeronaves e joias. Só imóveis, foram 699.

Esta semana um lote milionário de bens apreendidos pela Lava Jato no Rio vai a leilão. São casas, carros, lanchas… O que há em comum entre esses bens é o luxo e o prejuízo para os cofres públicos.

Um levantamento inédito da 7ª vara federal mostra que as 25 operações da Lava Jato no Rio apreenderam mais de R$ 1,7 bilhão, além de bens, como embarcações, aeronaves e joias. Só imóveis, foram 699.

A vara recebeu um reforço, esta semana: uma força-tarefa para acelerar os mais de 800 processos. Até agora, a Lava Jato já denunciou 312 pessoas no Rio, 40 foram condenadas por vários crimes. Entre os 19 tipos, estão fraudes em licitações, corrupção passiva e ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa. foram condenadas por vários crimes. As penas somadas chegam a 665 anos e 6 meses.

A conclusão de processos acelera também a venda de bens apreendidos. Nesta quinta-feira (4), o lote é de R$ 12,5 milhões. Assista à reportagem de Sônia Bridi, Mônica Marques e Paulo Zero.

https://globoplay.globo.com/v/7730622/

Fonte G1:
https://g1.globo.com/fantastico/noticia/2019/06/30/bens-de-luxo-apreendidos-pela-lava-jato-vao-a-leilao-e-mostram-prejuizo-para-os-cofres-publicos.ghtml

Você pode apoiar e incentivar a RedeBrasil.NET para que este trabalho continue repercutindo nas redes sociais através de um ATIVISMO INDEPENDENTE. Compartilhe nossos posts em seus grupos e contribua mensalmente conosco.

Apoie-nos com qualquer valor através do PAYPAL clicando no botão abaixo, ou:

 


Deposite diretamente em nossa conta:

Caixa Econômica Agência: 3492  -  OP 013

Conta POUPANÇA : 000.61359-9

Udson Cordeiro Coelho CPF: 702.083-289-04



Comente esta notícia

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*