Home / Comunismo / Veja a Nota de repúdio que o “direito do manos” fez ao Profssor que se defendeu de um assaltante

Veja a Nota de repúdio que o “direito do manos” fez ao Profssor que se defendeu de um assaltante

NOTA DE REPÚDIO À VIOLAÇÃO AOS DIREITOS HUMANOS PERPETRADA POR PROFESSOR DA FACULDADE NACIONAL DE DIREITO DA UFRJ

O Coletivo Negro Cláudia Silva Ferreira, da Faculdade Nacional de Direito, vem a público manifestar seu repúdio à atitude de um professor da casa, o qual publicou em rede social imagens nas quais assume ter cometido o crime de lesão corporal em nome da suposta defesa de seu direito de propriedade.

É necessário lembrar que, para a configuração da legítima defesa, os meios utilizados devem ser moderados e somente os necessários para evitar a injusta agressão. Ademais, a reação deve ser proporcional, o que certamente não se verifica no caso. Legítima defesa é absolutamente diferente de vingança.

Em tempos de propagação cada vez maior de discursos de ódio, devemos ressaltar que todos possuem direito ao devido processo legal. Ninguém pode cometer crimes e violar o direito de imagem de qualquer pessoa em prol da satisfação de sua própria sana punitivista.

Repudiamos todo e qualquer ato de violência e manifestamos nossa indignação ainda maior com o fato de que o ocorrido foi praticado por um professor da Faculdade Nacional de Direito, em relação ao qual o mínimo que se espera é o respeito às leis e aos direitos humanos.

Acreditamos que esse tipo de conduta, que afronta as garantias constitucionais e penais, não pode ser tolerado de nenhuma forma. Portanto, o Coletivo irá buscar as vias institucionais cabíveis junto à direção e às instâncias representativas dos estudantes.

https://www.facebook.com/coletivonegrodireitoufrj/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*