Home / Comunismo / Os presidentes do Foro de São Paulo | A esquizofrenia esquerdista
Os presidentes do Foro de São Paulo | A esquizofrenia esquerdista

Os presidentes do Foro de São Paulo | A esquizofrenia esquerdista

A internet está cheia de histórias de conspiração e de contos de fada e é sempre bom prestar muita atenção para não sair compartilhando falsas notícias, mas esta aqui bem que parece uma que saiu das páginas de livros de ficção e de filmes conspiratórios, mas infelizmente é uma dura verdade. Acompanhe a saga do comunismo de Cuba ( URSS) para tomar o Brasil dos brasileiros com a ajuda de brasileiros.

O chamado Foro de São PAulo nada mais é do que isso, a  entrega do território brasileiro a outra nação de uma maneira que ninguém perceba. Isso se chama FORO DE SÃO PAULO. A matéria e a pesquisa de Felipe Moura Brasil está completa e merece ser compartilhada.

https://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/conheca-o-foro-de-sao-paulo-o-maior-inimigo-do-brasil/

 

 

 


APOIE NOSSO PROJETO


A RedeBrasil.NET é uma webrádio anticomunista que a quase 3 anos está 24hs no ar trabalhando em favor da sociedade conservadora e de valores. Nossa intenção é conscientizar a população brasileira que estamos sendo governados por 35 facções criminosas disfarçadas de partidos políticos que implantaram seus amigos nas 4 esferas de poder a saber: Executivo, legislativo, judiciário e o TSE. Contribua para que consigamos permanecer no AR e ampliarmos nosso raio de ação. Apoie com sua contribuição mensalmente pelo paypal clicando no botão abaixo ou fazendo uma contribuição nas contas abaixo.








Você é capaz de comentar esta notícia?

seu endereço de e-mail não será publicado. Required fields are marked *

*

Rolar para cima
x

Apoie este projeto em favor de uma Intervenção Militar

A RedeBrasil.NET está a 3 anos, 24hs, no AR contra o comunismo, socialismo, Foro de São Paulo. Apoie e incentive este projeto contribuindo com nossa webrádio através do PayPal ou pelo meios disponíveis no site. Agradecemos por seu apoio.