Home / Comunismo / Combate a violência x Perdão de Carmém Lucia
Combate a violência x Perdão de Carmém Lucia

Combate a violência x Perdão de Carmém Lucia

Durante o lançamento da campanha da fraternidade (Propaganda de maxista nas comunidades católicas) , organizada pela CNBB (ONG formada por bispos comunistas para introduzir a agenda maxista na igreja católica) Cármen Lúcia (presidente da Supremo Tribunal Bolivariano do Crime Organizado) disse, há pouco, que o Judiciário tem agido “de forma digna e correta” para combater a violência no Brasil ( 60 mil mortes violentas por ano! Heim!!).

“Voltar a amar o próximo ( ela quer se referir aos criminosos) e exercer a fraternidade, a solidariedade e o perdão ( já uma mensagem sbliminar ao Luladrão)  é uma necessidade premente e urgente da sociedade atual”, discursou a presidente do STF, que citou Chico Buarque (comunista mamador na lei toubanet) e Thomas Hobbes.

O combate à violência é o tema da campanha deste ano. ( Ham!!)

 

Intervenção MIlitar é urgente


APOIE NOSSO PROJETO


A RedeBrasil.NET é uma webrádio anticomunista que a quase 3 anos está 24hs no ar trabalhando em favor da sociedade conservadora e de valores. Nossa intenção é conscientizar a população brasileira que estamos sendo governados por 35 facções criminosas disfarçadas de partidos políticos que implantaram seus amigos nas 4 esferas de poder a saber: Executivo, legislativo, judiciário e o TSE. Contribua para que consigamos permanecer no AR e ampliarmos nosso raio de ação. Apoie com sua contribuição mensalmente pelo paypal clicando no botão abaixo ou fazendo uma contribuição nas contas abaixo.








Você é capaz de comentar esta notícia?

seu endereço de e-mail não será publicado. Required fields are marked *

*

Rolar para cima
x

Apoie este projeto em favor de uma Intervenção Militar

A RedeBrasil.NET está a 3 anos, 24hs, no AR contra o comunismo, socialismo, Foro de São Paulo. Apoie e incentive este projeto contribuindo com nossa webrádio através do PayPal ou pelo meios disponíveis no site. Agradecemos por seu apoio.