Home / Notícias / A cabeça de Favreto numa bandeja de plástico

A cabeça de Favreto numa bandeja de plástico

O CNJ, órgão que vai analisar se o desembargador plantonista Rogério Favreto cometeu infração disciplinar ao tentar livrar Lula da cadeira, já afastou magistrados que aproveitaram o plantão judicial para favorecer parentes, amigos, advogados e traficantes.

Favreto é acusado de ter descumprido a Resolução 71/2009 do CNJ, que estabelece que o plantão não se destina à reiteração de pedido já apreciado.

A Folha lembra que o primeiro juiz afastado depois dessa resolução foi um magistrado de Alagoas “que fazia parte de um grupo especializado em fraudar títulos públicos federais”.

A grande demonstração de aparelhamento de tribunais e da justiça  por comunistas e terroristas de toga foi comprovada com o caso desse advogado que virou desembargador. O video abaixo explica como isso acontece aos tribunais brasileiros.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*